home | news

Post

Concreto armado em obras de infraestrutura: conheça essa solução durável e econômica

imagem postagem
20/05/2019

1. O que é concreto armado?
 
Concreto armado é um material de construção civil resultante da união entre o concreto e o aço. Essa união possibilita o concreto, altamente resistente à compressão, a resistir também aos esforços de tração. Por isso, é fundamental para a execução de fundações e superestruturas (pilares, vigas e lajes, dentre outros).
 
Curiosidade à parte, o concreto armado surgiu pela necessidade de engenheiros civis em executar construções resistentes à tração e à compressão. Combinação que só é possível por causa da aderência entre esses dois materiais tão diferentes que podem trabalhar juntos, já que o concreto trabalha à compressão e o aço à tração.
 
2. Como é produzido e preparado?
 
O concreto é formado pela mistura de componentes como água, areia, cimento, pedregulhos, seixos rolados e aditivos como corantes, fibras e sílica ativa. Mas a dosagem desses materiais deve ser feita de forma a respeitar a resistência à compressão do concreto, especificada em projeto. O material pode ser preparado no local da obra a ser realizada ou fornecido por usinas de concreto.
 
Veja algumas recomendações para uma boa mistura e concretagem:
 
  • os materiais utilizados para a produção do concreto devem ter as dosagens adequadas para que este cumpra as funções esperadas;
  • a mistura deve ficar homogênea;
  • somente após o material ser produzido em usina de concreto é que deverá ser transportado até o local da obra, onde será lançado;
  • deve ser utilizado em um intervalo máximo de três horas após a preparação da mistura;
  • a fôrma deve estar limpa e com a armadura devidamente posicionada;
  • após o lançamento, o concreto deve ser adensado com o uso de vibrador de imersão;
  • o concreto deve ser mantido úmido com o uso de vapor, química ou materiais impermeabilizantes, para o processo de cura.
     
3. Qual é a diferença entre o concreto comum e o armado?
 
O concreto armado se diferencia do concreto comum por receber barras de aço em seu interior e resistir aos esforços de tração, flexão e torção em elementos estruturais como lajes, vigas, pilares, sapatas e blocos de fundações.
 
Porém, para que o concreto armado apresente o desempenho desejado e previsto em projeto é necessário garantir a perfeita aderência entre o concreto e o aço fazendo com que o mesmo adquira assim a resistência às tensões de forma conjunta. Essa união é possível porque ambos apresentam o coeficiente de dilatação térmica praticamente igual.
 
4. Normas técnicas
 
Todas as construções civis e obras de infraestrutura no Brasil são regidas pelas normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).
 
Destacamos, a seguir, as mais utilizadas na elaboração de projetos e na execução de obras de infraestrutura e demais obras em concreto armado:
 
ABNT NBR 6118 - Fornece as diretrizes e requisitos básicos exigíveis para o projeto de estruturas de concreto simples, armado e protendido;
ABNT NBR 14931 - Estabelece os requisitos gerais na fase de execução;
ABNT NBR 12655 - Direciona o preparo, controle e recebimento do concreto;
ABNT NBR 9062 - Estabelece as diretrizes exigíveis durante o projeto, execução e controle de concreto pré-moldado;
ABNT NBR 7187 - Estabelece os requisitos que devem ser obedecidos no projeto, execução e controle de pontes em concreto armado e protendido;
ABNT NBR 6120 - Fixa as condições para a consideração de valores das cargas a serem adotados no projeto de estruturas de edificações.
 
5. Quais são os profissionais responsáveis pelo projeto de estrutura de concreto armado?
 
Os profissionais responsáveis pelo projeto de estrutura de concreto armado são Engenheiros com formação em Civil, com experiência na elaboração de projetos estruturais.
 
No entanto, para que um projeto tenha a qualidade e segurança previstas em normas, as mesmas devem ser devidamente observadas e consideradas.
 
6. Aplicação em obras de infraestrutura


Além de utilizado em fundações, o concreto armado pode ser aplicado a diferentes tipos de construção, tais como contenções, edificações, bases para equipamentos, túneis, viadutos, pontes, reservatórios, obras de saneamento e usinas hidrelétricas, são alguns exemplos.

Cabe salientar que a protensão é indicada para obras de pontes, viadutos e edificações com grandes vãos.

7. Quais as vantagens e desvantagens do concreto armado?
 
Com mais vantagens do que desvantagens, o concreto armado é amplamente utilizado por construtoras de diversas regiões do Brasil.
 
7.1 Vantagens
 
  • Agilidade: desde a mistura até o recobrimento da construção o processo é rápido e dá agilidade à conclusão;
  • Durabilidade: além de ser durável, é impermeável e pode resistir até mesmo às influências atmosféricas e à corrosão por outros desgastes;
  • Economia: conta com matéria-prima e manutenção de baixo custo, além de facilitar a construção já que não precisa de equipamentos de adensamento, preparo, transporte e vibração;
  • Segurança: permite a montagem de estruturas mais resistentes a diferentes eventualidades, inclusive incêndios;
  • Versatilidade: pode assumir qualquer forma com facilidade.

7.2 Desvantagens

  • Baixo índice de isolamento térmico e acústico: principalmente se for instalado em lajes com espessura reduzida;
  • Custo de manutenção: reformas e demolições de construções de concreto armado costumam ser mais caras e trabalhosas;
  • Peso elevado: a combinação do aço e do concreto resulta em um material com peso específico elevado, de 2.500 kg/m³;
  • Poluição: construções que usam esse material para a estrutura geram mais resíduos;

 
8. Durabilidade e Manutenção

Assim que a peça é projetada, o CO2 da atmosfera exerce sobre ela um processo de carbonatação. Mais para a frente, os cloretos chegam à armadura de aço podendo ou não dar início à corrosão. Contudo, o processo é lento e pode demorar até centenas de anos para acontecer.

Por isso, é fundamental e de grande importância o atendimento à norma no requisito classe de agressividade ambiental, bem como realizar a manutenção periódica da estrutura afim de proporcionar maior durabilidade.

A fissuração do concreto armado, apesar de indesejável, é um fenômeno natural (dentro de certos limites). O controle da fissuração é importante para a segurança estrutural, condições de funcionalidade e estética (aparência) e desempenho (durabilidade e impermeabilidade). Deve-se garantir em projetos que as aberturas de fissuras sejam menores que os estabelecidos em norma.

Dicas para garantir a qualidade da estrutura de concreto armado em obras de infraestrutura

  • Tenha em mãos um bom projeto estrutural para aumentar a segurança e a economia da sua obra;
  • Utilize materiais de qualidade e que sejam armazenados de maneira adequada para que não percam suas características;
  • Use o traço correto para garantir a resistência do concreto e prevenir o desperdício de material;
  • Respeite as diretrizes e requisitos das normas técnicas para evitar imprevistos e acidentes;
  • Garanta que o lançamento seja feito de uma altura adequada para que o material não segregue;
  • Tenha cuidado redobrado com a cura do concreto armado para limitar a formação de fissuras de retração quando a estrutura endurecer;

Dica bônus: Conte com os serviços de profissionais capacitados de uma empresa de engenharia para otimizar o seu tempo e garantir a qualidade de suas obras.

Está precisando contratar uma empresa com profissionais capacitados para elaboração dos seus projetos de estrutura de concreto armado? A CLG Engenharia Consultiva pode ajudar!

Oferecemos a elaboração do projeto básico e/ou detalhado (executivo) de fundações e estruturas de concreto armado para garantir a construção de obras de qualidade.

Ficou curioso para conhecer alguns dos nossos cases junto a empresas de renome nacional e internacional? Confira como superamos as expectativas dos nossos clientes.

veja também

Artigos

Obras de contenção: qual melhor tipo para sua estrutura

Obras de contenção são as principais aliadas para conter a erosão do solo e trazer estabilidade para terrenos com deformidades. Tem dúvidas sobre elas? Então, chegou ao artigo certo.

Artigos

Como a engenharia consultiva pode reduzir os problemas na gestão de contrato de obras

Mesmo não sendo uma tarefa simples, a gestão de contratos de obras é essencial para aumentar a produtividade e reduzir custos na construção civil. Saiba mais.

Instagram

CONHEçA A EMPRESA

Faça o download da apresentação e portfólio da CLG