home | news

Post

Gerenciamento de projetos de obra: o que é e como ele pode ser feito

imagem postagem
25/07/2019

Como toda construção envolve uma série de variáveis, fazer o gerenciamento de projetos de obras nem sempre é uma tarefa fácil. Mas, considerando o cenário de construções no Brasil, é essencial para atender ao aumento da demanda e à exigência dos clientes por obras mais satisfatórias e eficientes.

Entenda neste artigo o que é gerenciamento de projetos, como se aplica à área da construção civil e outras áreas e como fazer o seu.

O que é gerenciamento de projetos?

Antes de falar sobre o que é gerenciamento de projetos e qual sua importância é preciso ter em mente a definição de projeto.

Segundo o PMI (Project Management Institute), projeto é um conjunto de atividades temporárias realizadas por mais de uma pessoa para produzir um resultado único. Tem ínicio e fim definidos assim como escopo e recursos a serem utilizados.

Já o gerenciamento de projetos é uma competência estratégica que aplica conhecimentos, habilidades e técnicas para executar projetos com eficácia. Por isso mesmo, suas metodologias vêm sendo cada vez mais utilizadas em diversas atividades como em projetos de obras na construção civil.
 

Como se aplica à construção civil?

Na construção civil, o gerenciamento de projetos envolve a coordenação de recursos e esforços para a construção de obras dentro de padrões pré-estabelecidos. Sejam eles de custo, prazo, qualidade, risco e demais áreas de conhecimento.

Hoje, é considerado o principal método para otimizar processos e garantir entregas dentro do prazo previsto no canteiro de obras. Com ele, até mesmo projetos complexos podem ser executados dentro do que foi planejado anteriormente.

Conheça os principais benefícios do gerenciamento de projetos de obras:
  • controla de forma eficiente os prazos do empreendimento;
  • aumenta a produtividade, fazendo com que o cronograma seja cumprido;
  • controla o estoque de materiais, evitando o desperdício e ajudando a manter os gastos dentro do orçamento previsto;
  • previne erros e imprevistos, que podem ser solucionados antes mesmo que a obra inicie;
  • garante que o escopo e cláusulas definidas em contrato sejam cumpridas;
  • reduz os riscos do projeto/empreendimento;
  • proporciona maiores probabilidades de sucesso do projeto e, consequentemente, do resultado;
  • controla e reduz custos, trazendo benefícios a todas as etapas - do projeto de obra à execução.

4 ferramentas de gerenciamento de projetos de obras que ajudam a melhorar os processos dentro do canteiro de obras

Quer facilitar a gestão de obras? Temos algumas dicas de ferramentas úteis para melhorar ainda mais o planejamento e execução de seus empreendimentos. 

Confira quais são elas:
 

1. Gestão de riscos

Com uma eficiente análise e gestão de riscos o gestor de obras pode identificar as principais ameaças e fraquezas que podem impactar na execução das obras, e assim, elaborar um plano de ação para que as ocorrências sejam minimizadas.

Caso prefira, também é possível adotar a matriz SWOT para medir suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.
 

2. Cronograma

Embora seja uma ferramenta bastante conhecida dos profissionais da construção civil, o cronograma de obras é essencial e eficaz para um gerenciamento de prazos dos projetos. Afinal, além de definir o que deve ser feito também vai estabelecer a sequência, os prazos, datas, interdependências, caminho crítico, o que evita atrasos, aumento de custos e insatisfação do cliente final.

Portanto, apenas ter um cronograma não é o suficiente. É preciso também acompanhar o andamento das atividades e garantir que seja cumprido conforme as etapas e prazos previstos.
 

3. PMBOK

Já ouviu falar em PMBOK? É um acrônimo de Project Management Body of Knowledge, em tradução livre: Guia dos Conhecimentos de Gerenciamento de Projetos). Um guia que sistematiza conceitos e ferramentas de gerenciamento de projetos.

Com ele é possível ter acesso à proposta mais apropriada para o seu projeto, isso porque o guia entende que cada projeto é singular. 
 

4. Tecnologia

Implantar a gestão de projetos pode se tornar uma tarefa mais simples e rápida com o apoio da tecnologia.

Atualmente, já é possível encontrar no mercado ferramentas capazes de gerenciar tarefas e automatizar atividades como análise de riscos, cronograma, orçamento, entre outros. 

Alguns exemplos de softwares para gerenciamento de projetos que valem a pena ser testados são: Artia, Basecamp e Trello. Outros dois que também merecem destaque foram idealizados exclusivamente para facilitar o controle de obras, como Construct App e Obra Prima.
 

Como fazer um bom gerenciamento de projetos de obras?

Embora não exista uma receita pronta para o gerenciamento de projetos de obras, pois cada projeto é único, existem boas práticas para tomar as melhores decisões.

Quer atingir bons resultados, diminuir riscos, melhorar a qualidade dos serviços realizados no canteiro de obras e reduzir custos? Confira uma lista com cinco dicas para fazer um eficiente gerenciamento de projetos de obras:

1. Crie um escopo bem definido para os seus projetos de obras
Fazer um escopo é o primeiro passo para ter controle sobre as obras e também sobre cada uma de suas etapas. Por isso, a dica é detalhar todas as atividades que devem ser realizadas para que o objeto do contrato seja cumprido. 

2. Considere todas as variáveis possíveis
Ainda no seu projeto, procure lembrar que obras podem sofrer imprevistos e estão sujeitas a condições incontroláveis. Então, exigem certa flexibilidade.

Para não ser pego de surpresa sem estar preparado, é importante um contingenciamento, estabelecendo com critério um fundo de emergências e fazer projeções realistas - isto é, otimistas e pessimistas. Assim, sua empresa fica prevenida para driblar imprevistos.

3. Controle a produtividade da equipe
Mais importante do que delegar tarefas é controlar suas realizações e também a produtividade dos profissionais envolvidos dentro e fora do canteiro de obras.

Como vai o desempenho da equipe envolvida? Todos estão conseguindo concluir suas atividades dentro do prazo definido ou tem alguém ficando para trás? Estão ocorrendo muitos retrabalhos? Onde? Por quê?

Com todas essas respostas em mãos, fica muito mais fácil identificar oportunidades, fraquezas e controlar a produtividade do seu time.

4. Democratize o acesso à informação
O gerenciamento de projetos de obras pode parecer um trabalho centralizado, mas ao democratizar o acesso à informação todos saem ganhando.

Os profissionais podem acompanhar melhor como vai seu desempenho e o trabalho fica melhor direcionado. Todos ficam sabendo dos resultados conquistados até então, dos desafios que têm pela frente e, assim, se sentem parte importante para o cumprimento do escopo e execução da obra.

Uma dica? Dashboards visuais e relatórios gerenciais ajudam a tornar o conhecimento mais acessível a todos.

5. Faça uma checklist para a inspeção para cada etapa da obra
Listar tudo o que foi realizado em relação ao planejado é essencial para obter a satisfação do cliente. Com isso, é possível garantir que tudo ocorreu dentro do previsto ou até mesmo fazer pequenos ajustes para que o escopo seja totalmente atendido. Não deixe para verificar na última hora, prepare um check-list de inspeção por etapa, assim fica mais fácil realizar a inspeção e check-list final para entrega do empreendimento.

Dica bônus: crie um banco de dados com as experiências anteriores para melhorar sua atuação no futuro
Ao registrar todas as informações e lições aprendidas, incluindo motivos de atraso ou de imprevistos sua empresa pode prevenir que situações indesejáveis se repitam no futuro.

Quer passar longe de qualquer problema ou prejuízo no gerenciamento de projetos de obras? Conte com a expertise da CLG Engenharia Consultiva. Estamos aqui para ajudar você a executar obras com qualidade e entregá-las dentro do prazo previsto, com a máxima eficiência possível. Ficou com alguma dúvida? Escreva para nós!

 

veja também

Artigos

Como elaborar uma proposta técnica para o seu projeto de obra

Para participar de uma concorrência ou para a preparação da execução de obras, a certeza é uma só: o contratante vai exigir uma proposta técnica para o projeto de obra.

Artigos

Reestruturação de empresas para pequenos e médios negócios: saiba porque ela é importante

Reestruturação de empresas é um processo pelo qual nenhum negócio espera passar, mas que pode ser fundamental para manter suas portas abertas. Saiba mais.

Instagram

CONHEçA A EMPRESA

Faça o download da apresentação e portfólio da CLG