home | news

Post

Pensando em vender sua empresa? Veja como aproveitar ao máximo sua saída

imagem postagem
10/05/2019

4 coisas para pensar

Se você não tem sucessores, ou simplesmente quer tirar o dinheiro do empreendimento que você trabalhou arduamente para criar, vender sua empresa pode ser uma ótima opção, mas nem sempre a mais fácil. Para melhorar as chances de encontrar um comprador e obter o melhor preço para sua empresa, primeiro você precisa refletir sobre:

  1. Seu (s) motivo (s) para vender;
  2. Quanto do seu negócio você quer vender;
  3. O valor do seu negócio;
  4. Quem você vai procurar ajuda para a venda.

 

Por que vender?

As estratégias de saída variam, mas a principal dúvida é qual a hora certa para vender uma empresa, por isso, esperamos que você tenha pensado em seus motivos com calma e muita paciência. O segredo é, de tempos em tempos, colocar na balança o plano de saída original em relação ao valor de quaisquer oportunidades viáveis ​​que possam cruzar seu caminho.

E sempre que você tiver a oportunidade de avaliar o valor que sua empresa detém, vale a pena considerar. Lembre-se, quanto mais você executar um negócio bem sucedido, mais você tem a ganhar.

Não precisa ser tudo ou nada

Às vezes, vender é apenas mais uma palavra para reestruturação, fusão ou parceria. Muitos empreendedores abandonam a propriedade de parte de seus negócios como parte de uma estratégia maior. Milhões de reais em transações de fusões e aquisições acontecem todos os anos no Brasil, portanto, qualquer que seja seu objetivo, há uma estrutura de negócios lá para acomodá-lo.

Se você se cansou de administrar seus negócios, ser adquirido nem sempre renderá o melhor preço se você quiser liquidar 100% do seu patrimônio. Mas para os proprietários que buscam uma saída parcial, os benefícios de assumir um papel operacional gradualmente decrescente o libertarão para desfrutar de atividades mais tranquilas.

Quanto vale o seu negócio?

Como qualquer outro produto, seu negócio como um todo vale tanto quanto o mercado está disposto a pagar por ele? Os principais elementos internos que determinam seu valor incluem, não se limitando a estes:

  1. Ativos tangíveis como seu equipamento, inventário e propriedade;
  2. Seu capital intelectual;
  3. Sua lista de clientes;
  4. Seus processos;
  5. Quaisquer marcas registradas ou patentes que você possua;
  6. Seus passivos;
  7. Seu acervo;
  8. Sua imagem;
  9. Sua reputação.

Os métodos de avaliação de negócios podem ser orientados por ativos ou baseados em ganhos futuros. E se você for incorporado, também precisará decidir se está vendendo apenas ativos ou toda a empresa por meio de uma venda de ações. De qualquer maneira, o cenário econômico e o que empresas similares estão buscando vão ter um papel na hora de avaliar seu negócio.

Se você decidiu vender, lembre-se de que sua empresa valerá mais para possíveis compradores se sua empresa estiver em ordem, especialmente com relação à questão financeira. Certifique-se que suas contas, inventários e registros de negócios estão completos e atualizados, que seus impostos estão pagos, que seus processos sejam funcionais e eficazes, que seus colaboradores são eficientes, que seus documentos e arquivos estejam organizados e rastreáveis. Uma empresa organizada tem muito mais valor do que uma que mostre sinais de negligência.

Procure ajuda profissional

Não importa quando ou por que você decide se separar da sua empresa. Trabalhar com uma equipe de profissionais pode ajudar organizar previamente a sua empresa, a facilitar a transição, fornecendo a objetividade necessária para garantir que nenhum detalhe seja negligenciado e que você maximize o sucesso da sua venda.

Considere buscar orientação:

  • Um consultor de empresas ou especialista em estratégia para planejar, organizar sua empresa para ter mais valor e executar sua saída e determinar o melhor momento para vender;
  • Um profissional para fazer uma avaliação de mercado de sua empresa;
  • Um profissional para rastrear potenciais compradores e ajudar nas negociações;
  • Um profissional capacitado para elaborar e interpretar os muitos documentos que fazem parte integrante da venda de uma empresa, incluindo acordos de compra e venda.

Um dos piores momentos para vender um empreendimento comercial é quando você precisa, e não quando você está pronto. Então, tenha um plano, mas permaneça flexível. Como empreendedor, uma mente aberta é muitas vezes o seu ativo mais importante quando se trata de capitalizar o valor que você criou em sua empresa.

Confira como a CLG Engenharia Consultiva pode te ajudar. Veja nossos serviços de gestão.

veja também

Artigos

Obras de contenção: qual melhor tipo para sua estrutura

Obras de contenção são as principais aliadas para conter a erosão do solo e trazer estabilidade para terrenos com deformidades. Tem dúvidas sobre elas? Então, chegou ao artigo certo.

Artigos

Como a engenharia consultiva pode reduzir os problemas na gestão de contrato de obras

Mesmo não sendo uma tarefa simples, a gestão de contratos de obras é essencial para aumentar a produtividade e reduzir custos na construção civil. Saiba mais.

Instagram

CONHEçA A EMPRESA

Faça o download da apresentação e portfólio da CLG